Os aditivos alimentares são ingredientes adicionados intencionalmente aos alimentos com objetivo de modificar suas características físicas, químicas, biológicas ou sensoriais. 

Isso significa que os aditivos não são utilizados com finalidade nutricional, e, sim, para proporcionar benefícios tecnológicos aos produtos. Dessa forma, possuem um benefício maior para a indústria de alimentos do que para o consumidor, distanciando os produtos que os contêm dos alimentos minimamente processados ou in natura, os quais devem ser a base da alimentação da população brasileira.

No rótulo dos alimentos eles aparecerão no final da lista de ingredientes e normalmente estão agrupados por função: estabilizantes, espessantes, corantes, conservantes, aromatizantes...

Referências:
BRASIL. "Portaria nº 540-SVS/MS, de 27 de outubro de 1997. Aprova do Regulamento Técnico: Aditivos Alimentares-definições, classificação e emprego." Diário Oficial [da] República Federativa do Brasil (1997).

Encontrou sua resposta?