Utilizamos a Classificação NOVA para definir as diferentes categorias de um produto alimentício:

  • IN NATURA OU MINIMAMENTE PROCESSADO: alimento obtido diretamente da natureza ou que passa por processos industriais mínimos para torná-lo mais seguro ou comestível. Não possui adição de sal, açúcar ou qualquer outra substância.
  • INGREDIENTE CULINÁRIO: extraído de alimentos in natura ou da natureza, utilizado para temperar alimentos e criar preparações culinárias variadas e saborosas.
  • PROCESSADO: alimento in natura que recebe adição de sal ou açúcar ou outra substância de uso culinário pela indústria para torná-lo durável e mais agradável ao paladar.
  • ULTRAPROCESSADO: é um produto fabricado a partir de uma formulação industrial, feito inteira ou majoritariamente de substâncias extraídas de alimentos (óleos, gorduras, açúcar, amido, proteínas), derivadas de constituintes de alimentos (gorduras hidrogenadas, amido modificado) ou sintetizadas em laboratório com base em matérias orgânicas como petróleo e carvão (corantes, aromatizantes, realçadores de sabor e vários tipos de aditivos usados para dotar os produtos de propriedades sensoriais atraentes).

Referências:
Brasil. Ministério da Saúde. Secretaria de Atenção à Saúde. Departamento de Atenção Básica. Guia alimentar para a população brasileira. Brasília, 2014.

Monteiro, Carlos A., et al. "Ultra-processed foods: what they are and how to identify them." Public health nutrition 22.5 (2019): 936-941.

Encontrou sua resposta?